sábado, 1 de outubro de 2011

BASQUETEBOL



Dragões vencem em Barcelos


O FC Porto Ferpinta venceu, neste sábado, o Barcelos, por 70-77, no terreno da equipa minhota e em jogo da segunda jornada do Grupo Norte do Troféu António Pratas, do qual os Dragões são detentores. Com 13 pontos e 4 ressaltos, David Gomes distinguiu-se como o melhor da formação azul e branca, na qual sobressaiu também Carlos Andrade, somando 14 pontos e 7 ressaltos.A equipa campeã nacional decide, neste domingo, o acesso às meias-finais da competição, na terceira e última jornada do grupo, defrontando o V. Guimarães, no seu pavilhão, que derrotou o Barcelos (82-69) na primeira ronda. O encontro decisivo joga-se a partir das 16h00.

António Guterres



Guterres afasta candidatura a Belém


António Guterres garante que não será candidato à Presidência da República nas próximas eleições. “Não tenho qualquer interesse em regressar à vida política”, garantiu esta sexta-feira o antigo primeiro ministro em entrevista à RTP.
Guterres defendeu ainda que a questão da dívida da Madeira é um ponto que não o preocupa por ter ganho uma nova perspectiva como Alto Comissário para os Refugiados das Nações Unidas. “É uma questão relativamente menor quando há situações como a da Somália”, avançou não sem antes reconhecer que existe “uma responsabilidade dos líderes” europeus que levou a UE ao actual impasse para resolver a crise da dívida soberana.
O antigo primeiro ministro reiterou que está a fazer “o que queria fazer nesta fase da minha vida” e não quis comentar nem sobre o Governo de Sócrates nem sobre a liderança socialista de António José Seguro, referindo apenas ser amigo dos dois.
O Alto Comissário reconhece que a crise tem dificultado o seu trabalho, uma vez que o ACNUR passou de uma média de um milhão de refugiados que ajuda a regressar a casa para cerca de 200 mil mas elogiou a ajuda que tem de figuras públicas, como a actriz Angelina Jolie. “Tem uma grande sabedoria política e é uma militante da causa”, sendo que o seu impacto mediático tem ajudado o trabalho das Nações Unidas.
António Guterres explicou que passou um ano a viajar pelo mundo em económica e que houve um momento que o marcou. “Num campo na Etiópia, falei com uma mulher que tinha vindo da Somália, 15 dias a pé, com seis filhos. Chegou com três: os outros morreram de fome”.

FC PORTO - XICO ANDEBOL




Dez minutos finais dão vitória ao FC Porto Vitalis


O FC Porto Vitalis venceu este sábado o Xico Andebol, por 31-25, em encontro da sexta jornada do Andebol, 1 disputado no Dragão Caixa. A partida foi bastante equilibrada, com os azuis e brancos a descolar no marcador apenas nos últimos 10 minutos. O capitão Ricardo Moreira, com oito golos, foi o melhor marcador da partida. Aos 10 minutos registava-se um empate (5-5) e o FC Porto apenas passou pela primeira vez para a frente do marcador aos 12, graças a um remate de Tiago Rocha. Os Dragões acertaram várias vezes nos postes da baliza do Xico, que contou igualmente com a inspiração do guardião Ricardo Castro. Dois golos consecutivos de Filipe Mota e um livre de sete metros defendido por Hugo Laurentino permitiram aos portistas chegar ao intervalo a liderar (15-14).

A dificuldade dos Dragões em obter uma vantagem confortável podia explicar-se, na análise estatística, pelo reduzido número de finalizações de segunda linha, um capítulo em que o Xico tinha bastante vantagem ao intervalo. Mas o FC Porto, com uma exibição em crescendo, emendaria esse aspecto na segunda parte. Apesar de ter melhorado defensivamente e na exploração do contra-ataque, o FC Porto apenas garantiria o triunfo nos 10 minutos finais. Dois golos consecutivos de Filipe Mota, na concretização de contra-ataques, permitiram aos portistas passar de 22-23 para 24-23. Os vimaranenses ainda empatariam, mas não mais voltariam a liderar o marcador. Aos 26 minutos, com um forte remate de primeira linha, Pedro Spínola vez o 28-24 e quase confirmou o triunfo azul e branco, que ficaria selado com um resultado de 31-25.

FICHA DE JOGO

FC Porto Vitalis-Xico Andebol, 31-25


Andebol 1, primeira fase, sexta jornada 1 de Outubro de 2011

Dragão Caixa, no Porto Assistência: 574 espectadores

Árbitros: Mário Coutinho e Ramiro Silva

FC PORTO VITALIS: Hugo Laurentino (g.r.), Filipe Mota (6), Hugo Santos, Ricardo Moreira «cap.» (8), Pedro Spínola (4), Tiago Rocha (4) e Gilberto Duarte (5)Jogaram ainda: Alfredo Quintana (g.r.), Melancic (2), Ricardo Costa (1), Eduardo Filipe (1) e João Ramos

Treinador: Ljubomir Obradovic

XICO ANDEBOL: Ricardo Castro (g.r.), Gustavo Castro (1), André Caldas (5), Luís Sarmento (3), Nuno Gomes (1), João Martins e Jaime Barreiros (6)Jogaram ainda: Miguel Queirós, Pedro Correia (6), João Baptista e João Gonçalves (3)

Treinador: Nuno Santos

Ao intervalo: 15-14


SERENO central do FCP emprestado ao Colónia



Sereno totalista na derrota do Colónia

Um dia depois de ter sido convocado pela primeira vez para a Selecção Nacional, o defesa-central Sereno actuou os 90 minutos na derrota do Colónia por 0-3 no terreno do Hertha Berlim. Lasogga (14 e 26) e Rafael (34) apontaram os golos da formação da capital germânica, que soma agora 12 pontos na nona posição.O Colónia, que não pode contar com o médio Petit devido a lesão, totaliza dez pontos no 12.º lugar.

ALVARO PEREIRA



Alvaro Pereira chegou a acordo com o F.C. Porto para a renovação do seu contrato até 2016.

A notícia, avançada pelo O Jogo, foi confirmada pela agência que representa o lateral esquerdo. O uruguaio teve direito a uma revisão salarial.Desta forma, o clube portista premeia o lateral que foi assediado pelo Chelsea no último defeso. Aliás, a recta final do mercado de transferências ficou marcada pela incerteza em torno do futuro do jogador. Os empresários de Alvaro Pereira vieram a público aquecer o tema, enquanto o uruguaio preferiu evitar o conflito.Alvaro Pereira: «Tenho de respeitar a decisão do Porto»O F.C. Porto não cedeu um milímetro. 30 milhões de euros ou nada. André Villas-Boas pediu o lateral mas o Chelsea ficou abaixo desse patamar. Alvaro tinha sido convocado para a selecção do Uruguai mas pediu dispensa para ficar ao corrente da situação. Ficou sem dar sinais de insatisfação.Desde o arranque da época, o esquerdino demonstrou qualidade de jogo e capacidade de sacrifício, jogando até com algumas limitações físicas. Os dragões premiaram a continuidade com a renovação do vínculo e uma melhoria das condições salarias.«Falou-se muito no Verão e, nesta altura, é melhor deixar as conversas para o F.C. Porto. Já passou. O Alvaro Pereira está motivado, já tinha um bom contrato com o Porto e só pensa em fazer uma boa temporada», explicou-nos Flavio Perchman, o sócio do empresário Alejandro Savich que acusara o clube de faltar à palavra. «Porto faltou à palavra com Alvaro», diz agenteAinda assim, o Maisfutebol confirmou as informações junto da agência que representa Álvaro Pereira. «O novo vínculo é válido até 2016, houve lugar a uma melhoria salarial mas a cláusula de rescisão continua a ser de 30 milhões de euros», garantiram ao nosso jornal. Ponto final. F.C. Porto e Álvaro Pereira de mãos dadas para o futuro.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

HULK O MELHOR DE AGOSTO E SETEMBRO







A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou esta sexta-feira que Hulk (FC Porto) é o Melhor Jogador de agosto/setembro da Liga Zon Sagres.
Ainda de acordo com a informação colocada no site da LPFP, após a votação realizada por treinadores da competição e adeptos registados no site do organismo que tutela o futebol profissional em Portugal, no pódio ficaram James (FC Porto) e Gaitán (Benfica).
Hulk registou 18,3% das preferências, seguido pelo companheiro de equipa (15,1%) e pelo benfiquista (13,3%).

PARABÉNS CRISTIAN RODRIGUES

video
Kléber falha estudantes e canarinha
FC Porto, Kléber 2011-09-29 10:02

São pelo menos dois os jogos que Kléber vai falhar devido à contusão na clavícula sofrida ontem durante o jogo com o Zenit e que terminou com derrota dos dragões. O avançado, além de falhar o jogo deste Domingo frente à Académica, vai também ficar de fora daquela que seria a sua estreia na selecção brasileira.
Depois de ter sido chamado pela primeira vez selecção A brasileira, Kléber vai ter que falhar a chamada de Mano Menezes.
O avançado foi ontem substituído, pouco depois da meia hora de jogo, devido a uma contusão na clavícula e o FC Porto prepara-se para reportar a lesão de Kléber à Confederação Brasileira de Futebol, esperando-se que o organismo dispense o jogador.
Os dragões, depois do jogo de Domingo com a Académica, só voltam a jogar no dia 15 de Outubro, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, com o Pêro Pinheiro, seguindo-se depois o jogo em casa com os cipriotas do APOEL no dia 19.
Tendo em conta a paragem do campeonato devido aos compromissos das selecções, é expectável que o avançado recupere a tempo do desafio da Taça de Portugal.

BASQUETEBOL - Jogo de apresentação da equipa para 2011/2012



O FC Porto perdeu esta quinta-feira por 87-79 com o Obradoiro CAB, equipa da principal Liga espanhola de basquetebol (ACB), no encontro de apresentação aos seus associados, disputado no Dragão Caixa, no Porto.

O "cinco" do espanhol Moncho Lopez, campeão nacional em título, equilibrou o encontro até final, mas os espanhóis foram mais fortes nos momentos decisivos. "Foi um bom jogo, um grande espetáculo. Foi um jogo equilibrado, em que só cedemos na parte final, devido a alguns turnovers", disse Moncho Lopez, ao Porto Canal. Entre outros, os "dragões" mostraram os seus dois novos norte-americanos (Reggie Jackson e Anthony Hill). Segue-se, para o FC Porto, o Troféu António Pratas, a partir de sábado, e a Supertaça, em Vagos, a 05 de Outubro, face ao CAB Madeira.

Jogos de Preparação



FC Porto vence Nortecoope por 6-0

O FC Porto venceu esta quinta-feira no terreno do Nortecoope, por 6-0, em encontro de carácter particular. Os golos foram apontados por Gonçalo Suíssas (2), Pedro Moreira (2), Filipe Santos e Telmo Pinto.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Aniversário do FC Porto




118.º aniversário assinalado com o hastear da bandeira

Apesar de a equipa estar na Rússia, onde esta tarde defronta o Zenit para a Liga dos Campeões, o FC Porto não deixou passar em claro a passagem doa 118.º aniversário. Numa cerimónia presidida por Sardoeira Pinto, presidente da Assembleia Geral dos Dragões, realizou-se o habitual hastear da bandeira no Estádio do Dragão. As comemorações encerraram com uma missa na Igreja da Antas em memória dos dirigentes, sócios e atletas já falecidos

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Kleber



· Hulk


Pessoal conversei com o Kleber agora pouco, ele esta sentindo muitas dores, por isso ele ficara na Rússia fazendo exames! Provavelmente ele não estará presente no treino desta quinta feira

KLEBER



Kléber

Sofreu uma contusão na clavícula esquerda durante o jogo com o Zenit e vai falhar a partida com a Académica, no próximo domingo. O avançado fica arredado também dos compromissos da selecção brasileira para os quais tinha sido convocado, vendo assim adiada a sua estreia pela canarinha.Os dragões vão reportar a lesão à Confederação Brasileira de Futebol, que deverá dispensar o jogador.A interrupção de duas semanas na Liga, motivada pelos compromissos das selecções, abre uma janela para a recuperação do brasileiro para o jogo da Taça de Portugal com o Pêro Pinheiro, a 15 de Outubro, ou para a recepção ao Apoel Nicósia, no dia 19

ZENIT - FC PORTO O QUE ELES DISSERAM

Vítor Pereira:
" O lance da expulsão do Fucile é um lance que não pode acontecer”
Vítor Pereira, treinador do FC Porto analisou a derrota da sua equipa no reduto do Zenit de São Petersburgo por 3-1, preferindo enaltecer o espírito de combate dos seus jogadores, bem como teceu um comentário ao lateral esquerdo Fucile que recebeu ordem de expulsão.
" O lance da expulsão do Fucile é um lance que não pode acontecer.” Começou por afirma o técnico do FC Porto.
“Há que analisar de forma racional e paradigmática o jogo. Enquanto estivemos 11 contra 11, o FC Porto foi uma equipa equilibrada e capaz de discutir o jogo. Inclusive, entrámos melhor e até conseguimos a vantagem. Com um a menos tudo se complicou. Deixámos de poder pressionar como gostamos e o adversário, mantendo um ritmo forte, passou a controlar o encontro", resumiu.


Hulk:
“Temos de levantar a cabeça e dar a volta”
Hulk avançado do FC Porto assumiu que a equipa não está num bom momento, e disse que a expulsão obrigou a equipa a correr o dobro, numa partida relativa ao grupo G da 2ª jornada da Liga dos Campeões.
“Entrámos num nível muito alto e chegámos ao golo. Eles empataram e com um menos ficou ainda mais difícil, tivemos de correr a dobrar. Temos de levantar a cabeça e dar a volta, não estamos num bom momento”, apontou o brasileiro
.

Danny:
“A expulsão de Fucile facilitou, é verdade, mas fizemos um bom jogo”
Danny jogador do Zenit que assinou uma boa exibição coroada com um golo afirma que a expulsão de Fucile tornou o jogo mais fácil, contudo o internacional português sublinha que a formação russa demonstrou qualidade.
“A expulsão de Fucile facilitou, é verdade, mas fizemos um bom jogo. Assumimos que precisávamos da vitória, pois jogávamos em casa. Sofremos um golo em contra-ataque, que não deveríamos ter sofrido, pois estávamos preparados para esse tipo de lance. Corremos atrás do resultado. Empatámos e, com a expulsão ficou mais fácil, mas mostrámos que jogamos com qualidade. Em casa somos muito fortes”, realça Danny, indicando que o triunfo sobre o FC Porto representa «um recomeço» para o Zenit na Champions.

Zenit - FC Porto o que ele disse depois do jogo



O guarda-redes Helton comentou o desaire do FC Porto frente ao Zenit (1-3) com tranquilidade.


O capitão dos dragões foi direto ao assunto, reiterando que a formação portista está unida nos bons e nos maus momentos, prevendo uma reação rápida por parte do grupo.
“Não foi um resultado positivo, mas estamos juntos. Vamos levantar a cabeça. Nesta altura se vê a personalidade do grupo. Até porque fizemos uma época passada brilhante e todos esperam muito de nós. Mas vamos levantar a cabeça e ter consciência do que podemos fazer de melhor no futuro”, iniciou. “Temos de tirar proveito de tudo o que acontece nos jogos, mesmo quando as coisas estão a correr mal, de modo a não cometermos os mesmos erros”, rematou de semblante carregado

ZENITE - FC do PORTO




FC Porto derrotado na Rússia


Há jogos em que quase tudo corre mal. Foi o caso da deslocação do FC Porto a S. Petersburgo, para a segunda jornada da fase de Grupos da Liga dos Campeões, em que o FC Porto foi batido pelo Zenit por 3-1, depois de uma série de azares que atraiçoaram a equipa.Aos 27 minutos, numa jogada junto à linha lateral, Kléber foi derrubado por um adversário e ficou agarrado ao ombro, tendo de sair para receber assistência, acabando por já não reentrar, substituído por Varela seis minutos depois. Em cima do intervalo, uma imprudência de Fucile, que tocou a bola com a mão, valeu-lhe o segundo amarelo, obrigando a equipa a jogar toda a segunda parte reduzida a dez elementos, o que tornou impossível a discussão do jogo.Antes, logo aos dez minutos, uma arrancada de Hulk na área valeu a James Rodriguez o primeiro golo da partida, com o colombiano a encostar depois do centro do companheiro.O Zenit reagiu e chegou à igualdade dez minutos depois, quando Shirokov atirou para a baliza uma bola vinda de Helton, que interceptara um cruzamento da direita.Seguiram-se os lances de infortúnio, com a equipa na segunda parte a sofrer a pressão de um adversário que juntava ao factor casa a vantagem numérica. Aos 63 minutos os russos chegaram à vantagem, em novo golo de Shirokov, na sequência de um livre. Danny fechou o resultado aos 72 minutos, numa jogada feliz, com o ressalto em Souza a encontrar o português do Zenit sozinho

.FICHA DE JOGO

Zenit-FC Porto, 3-1

Liga dos Campeões 2011/12,

2.ª jornada28 de Setembro de 2011

Petrovski Stadion, em S. Petersburgo

Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)Assistentes: Darren Cann e Jake CollinAssistentes adicionais: Stuart Attwell e Mike DeanQuarto árbitro: Michael Jones

ZENIT: Malafeev; Anyukov, Criscito, Hubocan e Lombaerts; Shirokov, Denisov e Zyryanov; Fayzulin, Kerzhakov e Danny

Substituições: Zyryanov por Huszti (86m), Kerzhakov por Bukharov (90m)Não utilizados: Zhevnov, Lukovic, Rosina, Ionov e Lazovic.

Treinador: Luciano Spalletti

FC PORTO: Helton «cap.»; Fucile, Rolando, Otamendi e Alvaro; Fernando, Belluschi e João Moutinho; Hulk, Kléber e James Rodriguez

Substituições: Kléber por Varela (33m), James Rodriguez por Souza (46m) e Belluschi por Defour (73m)

Não utilizados: Bracalli, Maicon, Cristian Rodriguez e Djalma

Treinador: Vítor Pereira

Ao intervalo: 1-1

Marcadores: James Rodriguez (10m), Shirokov (20m e 63m), Danny (72m)Disciplina: cartão amarelo a Fucile (23m e 45+2m), Hubocan (61m), Otamendi (62m), Belluschi

DRAGÃO CAIXA



terça-feira, 27 de setembro de 2011

ANIVERSÁRIO

27 SETEMBRO 2011






FC Porto celebra 118.º aniversário




O FC Porto comemora amanhã, quarta-feira, o 118.º aniversário, data que será assinalada com o tradicional hastear da bandeira, da colocação de flores nos monumentos de homenagem a José Maria Pedroto e a Rui Filipe, bem como de uma Missa na Igreja de Santo António das Antas.Às 10h30, o presidente da Assembleia Geral do FC Porto, Sardoeira Pinto, marcará presença na cerimónia do hastear da bandeira, seguindo-se, às 10h40 a colocação de flores nos bustos de José Maria Pedroto e de Rui Filipe. Às 11h00, na Igreja das Antas, será celebrada uma missa em memória de todos os portistas já falecidos.

1ª Caminhada do FC da FOZ



Domingo, 30 de Outubro · 10:00 - 13:00


PARTIDA da FOZ DO DOURO (JUNTO AO RESTAURANTE PORTUGÁLIA), CHEGADA AO CAMPO DE JOGOS DO CLUBE (ERVILHA)
PREÇO DA INSCRIÇÃO: 3,5€, COM OFERTA DE T´SHIRT DO CLUBE.EFECTUAR INSCRIÇÃO: TELF 22 6109616 ou para secretaria@fcfoz.pt


APROVEITE PARA PASSAR UMA MANHÃ BEM PASSADA E CUIDAR DO SEU CORAÇÃO.

Caminhar é saudável e fortalece o seu Coração.

Venha Caminhar com o FC da Foz

MAIS ESPECTADORES NOS ESTÁDIO PORTUGUESES






Mais espectadores assistem a jogos ao vivo




Benfica perde 30 mil adeptos no estádio



As primeiras seis jornadas da edição de 2011/12 da Liga portuguesa tiveram nas bancadas mais 30.000 espectadores do que no mesmo período da última temporada, apesar de uma quebra acentuada do Benfica.
À sexta jornada de 2010/11, tinham estado 515.115 pessoas nos estádios das 16 equipas do escalão principal, o que corresponde a uma média de 10.732 por jogo. Esta temporada, os primeiros 48 jogos do campeonato tiveram um total de 545.439 adeptos nos estádios, ou seja, uma média de 11.363 por encontro.
O FC Porto é a equipa que mais espectadores teve no seu recinto, com 129.934, estando os três disputados pelos dragões em casa esta temporada entre os quatro de maior assistência, com destaque para o clássico de sexta-feira com o Benfica, que teve 49.511 adeptos.
Apesar de ser o clube com mais espectadores no seu recinto até ao momento, o FC Porto teve um aumento muito ténue de assistência, passando de 126.256 para 129.934 espectadores.
Dos três grandes, o Benfica é o único clube com quebra de assistências, registando uma perda superior a 30.000 adeptos, embora na última temporada tenha recebido o Sporting à quinta jornada, jogo visto por 51.899 espectadores. Nos três primeiros jogos desta temporada no Estádio da Luz, estiveram presentes 106.964 adeptos, número ainda longe dos 137.779 de 2010/11.
O Sporting teve o maior crescimento neste início de temporada, com um aumento de quase 25.000 adeptos, subindo de 70.007 para 94.414.
Os dois principais clubes do Minho ocupam os seguintes lugares da tabela, com o Vitória de Guimarães a crescer ligeiramente para os 47.589 espectadores, enquanto o Sporting de Braga caiu de forma leve para os 34.092.
O recém promovido Gil Vicente ocupa o sétimo posto da tabela, com 18.474 espectadores em três jogos, quase tantos como tinham Naval (10.785) e Portimonense (9.267), as duas equipas que desceram à Liga de Honra.
Esta temporada, o Paços de Ferreira é a equipa do escalão principal com pior assistência, tendo recebido apenas 5.604 espectadores.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011






O ARTISTA DA SEMANA


Transforma um vermelho directo em dois amarelos.

BILHAR FEMININO



Bilhar conquista Supertaças

O FC Porto conquistou as Supertaças de pool feminino e três tabelas masculina, disputadas no fim-de-semana, em Coimbra, na Associação Académica e no Centro Norton de Matos, respectivamente. Com esta conquista, a equipa masculina consuma a tripleta, depois de já ter arrecadado Campeonato nacional e Taça de Portugal.Nas provas que marcam o arranque da temporada, Vânia Franco, Luísa Leal e Andreia Sá derrotaram o Benfica por um parcial de 2-1, enquanto que Pedro Pais, Rui Manuel, João Ferreira e Santos Oliveira venceram a Associação Lisbonense dos Amadores de Bilhar, igualmente por 2-1.

O inventona






Um pontapé nos tomates e excesso e não uma agressão


domingo, 25 de setembro de 2011

FUTEBOL DISTRITAL da ASS FUT do PORTO



Divisão de Honra


Salgueiros 08 - Baião 1-0



Classificação

Salgueiros 08 3 jogos 9 pontos

2º Candal 3/9

3º Lixa 3/6


1ª Divisão


FC da Foz - Senhora da Hora 1-1

Cerco do Porto - Rio de Moinhos 1-3


Classificação

1º Rio Tinto 2 jogos 4 pontos

2º Rio Moinhos 2/4

3º Gulpilhares 2/4

16º FC da FOZ 2/1

17º Cerco do Porto 2/0



Torneio Internacional de Lordelo do Ouro



Dragões conquistam Torneio Internacional de Lordelo do Ouro


O FC Porto Império Bonança conquistou este domingo o Torneio Internacional de Lordelo do Ouro, ao bater, na final, o Infante de Sagres, por 5-1. Os golos foram apontados por Gonçalo Suíssas (2), Telmo Pinto, Nelson Pereira e Tomás Castanheira. Ao intervalo, o FC Porto já vencia por 2-0.Em plena pré-época, com vários jogadores ausentes em representação das suas selecções no Campeonato do Mundo, que se disputa na Argentina, os decacampeões conquistam assim o seu primeiro troféu da temporada.

Aínda do PORTO BENFICA



«Nunca tinha visto uma agressão ser punida com amarelo»

– Hulk
O avançado brasileiro Hulk considera que Óscar Cardozo deveria ter sido expulso após o lance com Jorge Fucile, no Dragão. «A arbitragem? Não gosto de falar, mas o Cardozo devia ter sido expulso e isso foi determinante. Tenho 25 anos, sou profissional há sete e nunca tinha visto uma agressão ser punida com um cartão amarelo. Não consigo entender. Enfim, estamos apenas no sexto jogo e temos todas as condições para chegar ao título. Hoje dominámos e só nos resta manter a cabeça levantada», afirmou Hulk.O internacional brasileiro reconheceu que ainda não atingiu o nível pretendido: «Estive parado algum tempo e hoje não consegui manter o ritmo».

Campeonato Nacional de Juniores A



Juniores: Zona norte marcada por empates, Sporting mantém-se líder a sul

Na nona jornada do campeonato nacional de juniores, a zona norte ficou marcada pelos diversos empates registados, enquanto na zona sul Sporting e Vitória de Setúbal, primeiro e segundo classificado, respectivamente, venceram os seus jogos e continuam separados por um ponto.Na zona norte, em seis partidas registaram-se quatro empates. Entre eles, o FC Porto, primeiro classificado, empatou frente ao Vitória de Guimarães a duas bolas, o Boavista, que está no segundo lugar, ficou a zero com o SC Braga.O Leixões, por sua vez, aproveitou a derrota do Gil Vicente frente ao Marítimo para subir ao terceiro lugar, derrotando o Nacional da Madeira por 0-1, enquanto os gilistas, apesar do desaire, são quarto classificados.Na zona sul, o Sporting goleou o Portimonense por 7-0 e manteve o primeiro lugar. Os leões somam 21 pontos, mais um que o Vitória de Setúbal, que recebeu e venceu a Sanjoanense por 5-1.No terceiro lugar está a União de Leiria, que empatou a uma bola com a Oliveirense e está a três pontos dos sadinos, enquanto o Belenenses, que perdeu com o Sacavenense, ocupa o quarto lugar, o último que dá acesso à fase final.Por sua vez, o Benfica ainda não entrou em campo na jornada nove, estando o jogo com o Casa Pia agendado para 27 de Setembro.


HOQUEI PATINS Torneio Internacional de Lordelo do Ouro



Dragões goleiam 1.º de Agosto e avançam para a final

O FC Porto Império Bonança goleou este sábado os angolanos do 1.º de Agosto por 13-2, em encontro das meias-finais do Torneio Internacional de Lordelo do Ouro. Os azuis e brancos avançam assim para a final, marcada para as 18h30 de domingo, e em que o adversário vai sair do confronto entre Infante de Sagres e HC Cambra.Frente aos angolanos, os marcadores foram Gonçalo Suíssas (4), Tiago Santos (3), Tomás Castanheira (3), Filipe Santos, Nelson Pereira e Pedro Moreira. Ao intervalo, o FC Porto vencia por 8-0.

ANDEBOL FC PORTO -BELENENSES





FC Porto bate Belenenses por 33-27



O FC Porto foi na tarde desta sábado bater o Belenenses por 33-27, em jogo a contar para a quinta jornada da primeira fase do campeonato nacional de andebol. O FC Porto já vencia por 14-13 ao intervalo.Com uma exibição muito forte no ataque, o FC Porto somou a quarta vitória consecutiva no campeonato de andebol, desembaraçando-se da sempre difícil deslocação ao Restelo, vencendo de forma clara um Belenenses que não pôde resistir ao melhor jogo dos Dragões.Foi já na segunda parte que o FC Porto disparou no marcador, depois de chegar ao descanso a vencer por apenas uma bola, com especial destaque para a veia goleadora de Tiago Rocha (10) e Ricardo Moreira (9), os dois juntos autores de 19 dos 33 golos dos Dragões.O FC Porto volta a jogar no próximo sábado, quando receber às 17 horas o Xico Andebol, no Dragão Caixa.

PERDÃO FALSIFICOU O RESULTADO





FC PORTO - Benfica 2-2





Deveria ter sido diferente, deveria ter ganho o melhor. Mas o jogo também se faz de fortuna e se decide, por vezes, na falta dela. Ou mesmo em perdões absurdos, que ajudam a contar a história de um empate acidental (2-2), permitindo marcar a quem escapou incólume à autoria de uma agressão, num lapso ridículo e gritante que transformou o vilão em herói. Foi assim, mas não deveria ter sido.Cinquenta e cinco segundos, ainda antes de esgotado o primeiro minuto, foi tempo de sobra para Hulk desenhar, em traços largos e num movimento que lhe serve de imagem de marca, a tendência dominante de um jogo de muitos ritmos e altas velocidades. Ao primeiro esboço, perderam-se dois adversários só no arranque, mas o remate, por afinar, exigia novas experiências. De falta de aviso o Benfica não podia queixar-se.À intensidade e ao grau de exigência do desafio, o campeão respondeu com velocidade e com uma sofreguidão competitiva que chegou a sugerir a ideia de que uma bola seria sempre amostra insuficiente para saciar a sua cultura de posse e o desejo assumido de controlar todos os momentos e direcções do jogo. A pressão era exercida bem adiante, antes mesmo de o adversário poder conceber o ataque.Numa audaciosa variante ofensiva, Helton e Varela colocaram Fucile diante do golo, que Artur negou com uma defesa inesperada, devolvendo os adeptos aos seus lugares. Desde o começo, tinham passado 28 minutos. Mais nove em cima e não pôde impedir os adeptos portistas de festejar o primeiro golo de Kléber num clássico. Bastou um toque subtil, para desviar um livre de Guarín para o fundo das redes.A primeira parte expirava com os números a reforçar o domínio absoluto dos Dragões (13 remates contra 2 e 55% de posse de bole contra 45%) e a segunda abria com o Benfica a empatar por Cardozo, que só por ali andava por complacência do árbitro, que ignorou uma agressão do paraguaio a Fucile, ainda na metade inicial, e dividiu o cartão vermelho em dois amarelos, com um deles a sobrar para o agredido. E para cúmulo também.Duplamente injusta, pela assinatura e por produzir o pior retrato do encontro, a igualdade não resistiu mais de quatro minutos. Otamendi desfê-la em pedaços aos 51 minutos, acorrendo a um passe atrasado de Varela, depois da cobrança de um canto. Estava reposta a vantagem, que parecia crescer, ao lado do tempo, para números mais amplos e seguros.O jogo quebrar-se-ia, contudo, partindo-se em dois na especial predilecção encarnada pelo contra-ataque, a que fica bem apelidar, com preciosismo e até algum requinte, de transição rápida, para atenuar a carga negativa de um processo que prescinde do momento da concepção. FC Porto e Benfica ameaçaram à vez, até que Saviola marcou, deixando apenas oito minutos para os Dragões evitarem a repartição de pontos que nenhum dos opositores fez por merecer.FICHA DE JOGO FC Porto-Benfica, 2-2Liga 2011/12, 6.ª jornada23 de Setembro de 2011Estádio do Dragão, no Porto Assistência: 49.511 es pectadores Árbitro: Jorge Sousa (Porto)Assistentes: Bertino Miranda e José Ramalho Quarto árbitro: Rui Costa FC PORTO: Helton «cap.»; Fucile, Rolando, Otamendi e Alvaro; Fernando, Guarín e João Moutinho; Hulk, Kléber e Varela Substituições: Guarín por Belluschi (77m), Kléber por Rodríguez (80m) e Varela por Walter (86m)Não utilizados: Bracalli, Maicon, Souza e Defour Treinador: Vítor Pereira BENFICA: Artur; Maxi Pereira, Luisão «cap.», Garay e Emerson; Javi Garcia e Witsel; Nolito, Aimar e Gaitán; Cardozo Substituições: Nolito por Bruno César (69m), Aimar por Saviola (69m) e Cardozo por Matic (90+1m)Não utilizados: Eduardo, Rúben Amorim, Rodrigo e Jardel Treinador: Jorge Jesus Ao intervalo: 1-0 Marcadores: Kléber (37m), Cardozo (47m), Otamendi (51m), Saviola (82m) Disciplina: cartão amarelo a Otamendi (9m), Luisão (40m), Javi Garcia (40m), Fucile (43m), Cardozo (43m), Álvaro (57m), Kléber (77m), Fernando (78m), Bruno César (89m) e João Moutinho (90+2m)