segunda-feira, 5 de março de 2012

HUGO LAURENTINO


Hugo Laurentino no "sete" ideal

Hugo Laurentino, do FC Porto Vitalis, faz parte do "sete" ideal da 22.ª jornada do Andebol 1, disputada no fim-de-semana. A prestação do jogador no triunfo sobre o Fafe (33-27), em que defendeu 45 por cento dos remates, foi reconhecida.

No fecho da primeira fase, Laurentino ocupa o 5.º lugar no ranking dos melhores guarda-redes, mas mantém-se como o mais seguro da prova, já que tem uma eficácia de 41,68%, a melhor do campeonato.

Também Gilberto Duarte merece destaque nesta jornada. O lateral esquerdo continua a liderar o ranking MVP, com 96,2 pontos. À liderança como MVP, Gilberto Duarte acrescenta o segundo lugar no pódio dos melhores marcadores de primeira linha, graças aos 82 golos apontados.

O PINOKIO DA SIC


O Pinóquio

A verdade desportiva de um mentiroso. Para Rui Santos dizer a verdade sobre o FC Porto é inversamente proporcional às nossas vitórias. Quanto mais ganhamos mais Rui Santos mente e se lhe crescesse o nariz a cada mentira que diz...

Do alto do púlpito que lhe oferece a SIC Notícias, Santos inventou agora que não houve controlo antidoping no jogo Benfica-FC Porto. Mentira. Mais uma. Houve sim senhor, os jogadores João Moutinho e Sapunaru foram controlados.

De resto, ainda na semana passada, como foi amplamente noticiado pela comunicação social, quatro jogadores do FC Porto foram controlados no final de um treino. O mesmo aconteceu após o jogo com o Feirense ou após ambos os jogos com o Manchester City, só para falar dos mais recentes.

O FC Porto orgulha-se de estar na primeira linha da luta antidoping, tem atrás de si um passado, no futebol e nas outras modalidades, que outros não podem exibir, e nunca deixará de desmascarar mentirosos que julgam assim beliscar as nossas vitórias.

UM PORTISTA FERREINHO


UM PORTISTA FERRENHO

UNS CHORAM OUTROS GANHAM

NO BENFICA ACADEMICA

CHAMARAM O ELETRECISTA

domingo, 4 de março de 2012

GRANDE GOLO DE HULK

video

RUI COSTA NAS CATACUMBAS DA LUZ

video

FCPORTO

BASQUETEBOL


Carlos Andrade é o melhor no Ginásio

O FC Porto Ferpinta venceu o Casino Ginásio, em Montemor-o-Velho, por uma diferença esclarecedora de 34 pontos (59-93), e manteve, ao final da 18.ª jornada da Liga, a primeira posição da fase regular. Num encontro que os Dragões resolveram ao terceiro período, com um parcial favorável de 9-28, Carlos Andrade acumulou a condição de melhor marcador com a de MVP.

A resistência do Ginásio, que atingiu o intervalo a perder apenas por dois pontos (39-41), desfez-se por completo na segunda parte, fase em que não pôde mais aguentar o claro ascendente dos campeões nacionais, que apresentaram uma versão defensiva mais rigorosa, ao ponto de apenas permitir 20 pontos ao adversário na soma do terceiro e quarto períodos.

Numa equipa em que 11 dos 12 jogadores utilizados pontuaram, Carlos Andrade distinguiu-se como o homem do jogo, ao somar 16 pontos e 6 ressaltos. Além do internacional português, três outros elementos do FC Porto Ferpinta atingiram uma pontuação de dois dígitos: Greg Stempin (15), Diogo Correia (13) e João Santos (12).

HOQUEI PATINS - FC PORTO - HOQUEI DE BARCELOS 9-4


Arte de Gil no poker de Reinaldo

O FC Porto Império Bonança regressou a casa e voltou aos triunfos. Frente ao Hóquei Clube de Braga, em partida a contar para a 18.ª jornada do Nacional da I Divisão, os Dragões realizaram uma excelente exibição e venceram por 9-4, com Pedro Gil a fazer magia no acompanhamento a um Reinaldo goleador.

O jogo começou com os homens da casa ao ataque, mas foi o adversário a chegar primeiro ao golo, com Rafa a activar o marcador à passagem dos quatro minutos. A desvantagem não preocupou e os Dragões de imediato alcançaram a igualdade, com Reinaldo Ventura a apontar o 1-1, após uma recuperação defensiva de Pedro Moreira.

O número 7 voltou a estar em evidência pouco depois, ao servir Caio para um remate indefensável e o consequente 2-1. Nesta altura, o cinco portista controlava o jogo na perfeição e em poucos minutos ampliou a vantagem, com golos de Reinaldo Ventura, de penálti, e Filipe Santos.

Pelo meio, Caio saiu lesionado e Gonçalo Suíssas foi lançado no rinque. Foi precisamente o número 17 a criar o 5-1, que significou o terceiro tento de Reinaldo Ventura, e a facturar o 6-1, após uma jogada enorme de Pedro Gil. Rafa, de penálti, assinou o 6-2 com que as equipas saíram para o intervalo.

O segundo tempo decorreu a um ritmo mais baixo e permitiu a Tó Neves gerir o plantel numa medida que nunca pôs em causa a superioridade do FC Porto Império Bonança. Reinaldo Ventura reentrou na partida com a mesma eficácia do período inicial e fechou o seu poker através de um livre directo.

Mas o melhor lance da tarde ocorreu aos 29 minutos: Pedro Gil ultrapassou três adversários com a classe e espetacularidade que se lhe reconhece e bateu o guarda-redes para o 8-2.

O HC Braga tentou reagir e ainda conseguiu reduzir a diferença no placar para quatro golos, até que nova combinação entre o número 66 e o número 9 do FC Porto acabou com o jogo. “Rei” ofereceu a bola e Pedro Gil agradeceu com os festejos para o 9-4 final.

No final, Tó Neves fez a análise do encontro: ”Já esperávamos um jogo complicado, com um HC Braga competente, a criar-nos dificuldades. Entramos muito bem jogo e acabámos por sofrer um golo contra a corrente, mas fizemos o empate e a partir daí controlámos e gerimos bem a partida e o plantel. A vitória nunca esteve em causa. Tivemos muitos bons momentos no jogo, conseguimos concretizar melhor do que nos últimos encontros, nos quais tivemos alguma falta de sorte, e alcançámos uma merecida vitória. O Caio sofreu um toque e fui aconselhado a não o utilizar. Não actuou no segundo tempo por precaução. Felizmente, temos um bom plantel e todos os jogadores têm a minha confiança. Todos dão garantias e foi isso que se viu hoje.”